Seções Brasileiras

Alguns dos países da Região 9 são bastante extensos (notadamente o Brasil e o México) e a necessidade de atividades locais em cidades diferentes da capital foi abordada com a formação de mais Seções. São Paulo no Brasil em 1966 e Monterrey no México em 1975 foram as primeiras “segundas seções” em seus países. Uma consequência direta foi a formação dos Conselhos-País, primeiro o Conselho Brasil (1970) e depois o do México (1976).

Na década de 60, era comum haver somente uma seção do IEEE por país, com exceção dos Estados Unidos. O Brasil, porém, encontrava dificuldades para reunir os muitos engenheiros do país, devido ao seu tamanho. O contato entre os profissionais de todos os estados era bastante difícil, além disso, havia uma grande concentração da produção tecnológica em alguns estados, como São Paulo. A revista Spectrum, no entanto, era lida por engenheiros de todo o país e levou pessoas de outros estados a conhecer o Instituto. Assim, em 1966, Carlos Alberto J. Lohmann, junto de Luis Ernesto Quintino, José Roberto Lacerda e Augustin L. Woelz, fundou a seção São Paulo, a segunda do país. Com o passar do tempo, novas Seções Brasileiras surgiram com o intuito de melhorar o gerenciamento e a comunicação dos profissionais membros do IEEE.

Das 333 Seções do IEEE existentes no mundo, 5 delas estão no Brasil e, juntas, formam o Conselho Brasil. São elas:

➥ Seção Bahia;
➥ Seção Centro-Norte Brasil;
➥ Seção Minas Gerais;
➥ Seção Rio de Janeiro;
➥ Seção Sul Brasil.

O Conselho Brasil possui mais de 4300 membros associados ao IEEE, sendo esses divididos entre membros Young Professionals, membros estudantes de graduação, membros estudantes de pós-graduação e membros profissionais.

Estas seções abrangem todos os estados do país e são assim classificadas de acordo com o esquema de cores descrito no mapa:

Mídias Oficiais do Conselho Brasil IEEE:



SEÇÃO BAHIA

Criada em 1974, a Seção Bahia representa legalmente o IEEE internacionalmente na região Nordeste do país, composta pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Abaixo um mapa dos Ramos Estudantis da Seção Bahia:

Site e Facebook da Seção Bahia:


E-mail e Instagram do SAC da Seção Bahia:



SEÇÃO CENTRO-NORTE BRASIL

Criada em 17 de fevereiro de 1977, representa legalmente o IEEE Internacional nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e o Distrito Federal. Abaixo um mapa dos Ramos Estudantis da Seção Centro-Norte Brasil:

E-mail da Seção Centro-Norte Brasil:


Facebook do SAC da Seção Centro-Norte Brasil:



SEÇÃO MINAS GERAIS

Criada em 30 de junho de 1993, representa legalmente o IEEE internacionalmente no Estado de Minas Gerais. Abaixo um mapa dos Ramos Estudantis da Seção Minas Gerais:

E-mail da Seção Minas Gerais:



SEÇÃO RIO DE JANEIRO

Criada em 1956, representa legalmente o IEEE internacionalmente no Estado do Rio de Janeiro e no Estado do Espírito Santo. Abaixo um mapa dos Ramos Estudantis da Seção Rio de Janeiro:

Facebook do SAC da Seção Rio de Janeiro:



SEÇÃO SUL BRASIL

Criada em 1966, representa legalmente o IEEE Internacional na região composta pelos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Abaixo um mapa dos Ramos Estudantis da Seção Sul Brasil:

E-mail da Seção Sul Brasil:


Facebook do SAC da Seção Sul Brasil:


EnglishPortugueseSpanish